Esforço, Dedicação, Devoção e Glória. Eis o Sporting

Sporting Clube de Portugal verde branco


Camisola listada do Sporting que não foi produzida nunca. Protótipo de 2011/12

O equipamento principal do Sporting em 2011/12 foi muito bonito, o melhor que a Puma fez para o Sporting até então, de acordo com a opinião unânime dos adeptos leoninos.

A colecção Verdebranco tem bastantes protótipos feitos pela Puma para o Sporting escolher, que foram posteriormente rejeitados. Em 2007/08 e 2008/09 íamos tendo camisolas alternativas muito feias, as verdadeiramente escolhidas foram muito melhores. Em 2012/13, entre o equipamento cor de laranja com a qual o SPorting não ganhou um único jogo oficial, e a camisola violeta rejeitada, não sabemos qual é melhor. Mas em geral, o Sporting tem escolhido bem, daquilo que sabemos e conhecemos, entre as alternativas, as realmente escolhidas para produção foram as mais bonitas.

Esta camisola que mostramos agora, é claramente um protótipo para 2011/12. Isto porque, a aba da gola é igualzinha, e o corte da camisola também é exactamente o mesmo. E, tem o pin "king" de 2011/12, na manga direita. Tem é claramente muitas diferenças, quase todas para muito pior.

As outras novidades estão na página das novas camisolas da colecção. Se preferir, pode ver todas as camisolas do Sporting.

Sporting Clube de Portugal

2011/2012

Camisola listada que não chegou a ser do Sporting e ainda bem!

Camisola listada que não chegou a ser do Sporting e ainda bem, rejeitado em 2011/12


Comparação entre o protótipo rejeitado e a verdadeira camisola listada de 2011/12

Vamos ver algumas fotos mais de perto em que se vê melhor os detalhes. Em primeiro lugar, uma comparação entre o sample que não foi seleccionado, e a camisola verdadeira. A primeira coisa que salta à vista, é a gola do protótipo, que não é nada bonita com aquele triângulo. Por contraste, o corte clássico da camisola verdadeira roça a perfeição.

O segundo "não-detalhe" muito importante, é que o protótipo ainda não tem a sigla SCP por cima do emblema. Isto quer dizer que é um protótipo inicial, antes de ter sido tomada a decisão de cumprir os Estatutos do Sporting. Haveria aqui uma história para contar, mas vamos manter-nos discretos.

A terceira diferença, e a única em que o protótipo é claramente superior à camisola verdadeira, é que tem um verde muito melhor, muito mais "verde Sporting", em contraste com a cor realmente usada, que é um verde azulado que não se entende. A Puma sabe muito bem disto, o Sporting também, e que insistam numa cor que não é a nossa é incompreensível.

Comparação entre o protótipo rejeitado e a verdadeira camisola listada de 2011/12


Detalhes do protótipo

A gola é muito feia. Mas muito feia mesma. É um motivo para agradecermos aos "leões" que então eram responsáveis por estas coisas na Sporting Património e Marketing por não terem aceitado uma coisa destas!

gola da camisola listada rejeitada em 2011/12

Por trás tem "sporting" bordado. Na versão final, ficou estampado, certamente por uma questão de custo, e também porque possivelmente faria um bocado de comichão no pescoço! Em qualquer dos casos, "sporting" com "s" pequeno é algo que não gostamos, nunca gostámos, e nunca vamos gostar. Nem bordado nem estampado nem de maneira nenhuma.

O leão no ombro da camisola do Sporting, preta e branca

E aqui um pormenor que não é pormenor mas sim pormaior e bem grande: este picotado, que é mesmo do tecido, e que teria sido uma inovação nada bem vinda! Aliás, com o tecido na mão podemos dizer que é grosseiro, pesado, nada apropriado para uma camisola de futebol, muito menos do Sporting! De olhos fechados, o toque é mais de um pano de mesa que de uma camisola de futebol.

terceiro equipamento do SPorting época 2010/11, sample e oficial, etiqueta

Finalmente, na foto em que comparamos a camisola rejeitada com a verdadeira, parecia que as riscas brancas não eram muito brancas! Mas como fotografamos em cima de um pano preto, e como se calhar se via à transparência devido ao tecido ser esburacado, fomos testar melhor. Metemos uma folha de papel por dentro da camisola, e outra por cima à esquerda. E torna-se óbvio: o branco não é branco, é esverdeado! Assim, de camisolas às riscas verde-azulado/brancas como as que temos, teríamos passado para riscas verde-Sporting/branco-esverdeado, igualmente mau!

terceiro equipamento do SPorting época 2010/11, sample e oficial, etiqueta


© 2009-2017 Nuno Barradas 40755-0