Esforço, Dedicação, Devoção e Glória. Eis o Sporting

Sporting Clube de Portugal verde branco


Equipamentos de jogo do Sporting 94/95: verdadeiros ou falsos?

Já analisámos algumas camisolas das épocas 1996/97 e 1997/98 para mostrar como se pode saber se são equipamentos usados em jogo por jogadores do Sporting ou não. Vamos aqui fazer o mesmo para equipamentos de 1994/95, todos eles supostamente do Figo. Em primeiro lugar, determinar a época é fácil, porque só em 94/95 é que o patrocinador foi o Queijos Castelões. No ano anterior tinha sido a cerveja Faxe e no ano seguinte foi a SIC televisão.

Camisolas do Figo: uma é de jogo, uma não é, e uma talvez seja

Sporting Clube de Portugal

1994/95. Vencedor da Taça e Supertaça

Réplica da loja a que puseram o nome do Figo Sporting 1994 1995, não é camisola de jogo

 

Sporting Clube de Portugal

1994/95. Vencedor da Taça e Supertaça

match worn shirt Sporting Academica de Coimbra Figo 1994 95

 

Sporting Clube de Portugal

1994/95. Vencedor da Taça e Supertaça

equipamento de jogo do Sporting do Figo pre-epoca 1994 1995 Adidas Casteloes

À primeira vista, a primeira e a terceira camisolas têm o número 7 com que o Luís Figo mais está identificado, na mente dos sportinguistas é esse o seu número. Acontece que em 1994/95 ainda não havia números certos para jogadores determinados, e no início do jogo alinhavam do 1 ao 11, em que os números correspondiam às posições no camppo. Os suplentes eram do 12 (guarda-redes) ao 16, e nos jogos particulares podia ir até números maiores já que eram permitidos mais suplentes. Assim, temos identificação positiva de que a camisola do meio, número 16, foi efectivamente usada pelo Figo num jogo particular bem identificado.

A camisola falsa, que nunca esteve ao pé do Figo, é a de cima, que tem o nome Figo escrito nas costas. E é isso mesmo que prova ser falsa: nesta época os equipamentos não traziam o nome do jogador. Isso só começou a acontecer no ano seguinte, em 1995/96.

Sobra então a camisola de baixo, número 7, vendida como se fosse do Figo com uma história por trás. Uma coisa podemos garantir, e é que não é uma camisola usada nem no campeonato nacional, nem na Taça de Portugal, nem na Taça UEFA (em que fomos injustamente eliminados pelo Real Madrid logo na primeira eliminatória por golos fora, depois de fazermos dois jogos brilhantes que devíamos ter ganho). Quadrados de pano branco em tudo semelhantes foram certamente utilizados em anos anteriores. É portanto uma camisola de jogo da pré-época de 1994/95.


© 2009-2017 Nuno Barradas 40755-0