Esforço, Dedicação, Devoção e Glória. Eis o Sporting

Sporting Clube de Portugal verde branco


Equipamentos de futebol do Sporting 1997/98: dos jogadores ou da loja?

Apresentamos aqui várias camisolas do Sporting Clube de Portugal, todos da época 1997/98, em que o Sporting nada ganhou apesar de mais uma vez ter uma grande equipa. Todas elas foram vendidas como se fosse de algum jogador do Sporting, ou seja, como sendo "de jogo", o que normalmente quer dizer que teriam sido vestidas por um jogador de futebol em campo. Dos cinco equipamentos apresentados, três são "de jogo" nesse sentido estrito, uma é "de jogo" no sentido mais lato de realmente ser de um jogador do Sporting, só que não chegou a ser usada num jogo de futebol, e uma outra é uma falsificação grosseira.

Camisolas do Sporting de 1997/98: três de jogo, uma player issue, uma fajuta

Sporting Clube de Portugal

1997/1998, equipamento do Sporting

equipamento oficial do SCP Edmilson 1997 1998

 

Sporting Clube de Portugal

1997/1998, equipamento do Sporting

equipamento de jogo Sporting 1997 1998 Afonso Martins Liga dos Campeões

 

Sporting Clube de Portugal

1997/1998, equipamento do Sporting

1997 1998 Camisola Stromp do Sporting de jogo defesa central Nene

 

Sporting Clube de Portugal

1997/1998, equipamento do Sporting

equipamento alternativo matchworn sporting 1997 1998 Marco Almeida

 

Sporting Clube de Portugal

1997/1998, equipamento do Sporting

Camisola alternativa Nene modelo Liga dos Campeões

Neste caso, a identificação do equipamento falsificado é fácil. É logo a primeira camisola. Aquele tipo de número e nome de jogador é muito grosseiro e nunca foi usado em equipamento nenhum do Sporting, e o vendedor ou não sabia o que estava a vender... ou sabia. Muitas vezes sabem mesmo, neste caso não o podemos afirmar com certeza. O que é certo é que aquele equipamento nunca esteve sequer ao pé do Edmilson.

O equipamento player issue, ou seja, que foi feito para um jogador usar mas que no fim de contas acabou por não ser utilizado, é a camisola alternativa branca do Néné. Com efeito, esse modelo de equipamento alternativo só foi usado no campeonato nacional e na taça de Portugal, não chegou a ser necessário para a Liga dos Campeões.

Os outros três são camisolas de jogo, em que o equipamento Stromp do Néné é de um jogo amigável da pré-época, facto que verificámos nos arquivos do Jornal Sporting.

Finalmente, chamamos a atenção para a diferença entre o tipo de letra usado no número de jogador nas camisolas das competições europeias e nos equipamentos das competições nacionais. Não são o mesmo. Em 1997/98, nas competições caseiras usava-se o tipo de número normal da Adidas, enquanto que na Liga dos Campeões o símbolo Adidas estava ausente. Em 2011/12, o tipo de letra ainda é diferente.


© 2009-2017 Nuno Barradas 40755-0