Esforço, Dedicação, Devoção e Glória. Eis o Sporting

Sporting Clube de Portugal verde branco


Camisola de jogo, do início da época 1994/95

Esta camisola, à primeira vista, é uma camisola de jogo. As camisolas usadas pelos jogadores nas competições oficiais nacionais, tal como esta, tinham o número de jogador em tipo de letra Adidas, e não tinham o nome do jogador. Diga-se que camisolas com as listas interrompidas nas costas para dar lugar ao número não foram vendidas aos adeptos, foram apenas usadas pela equipa. Sendo assim, isto não é uma réplica da Loja Verde, é mesmo uma camisola oficial.

Sporting Clube de Portugal

1994/95. Vencedor da Taça e Supertaça Cândido de Oliveira

Equipamento de jogo de jogador desconhecido, jogo amigável de pré-época

camisola de jogo de jogador desconhecido, jogo amigável Boavista Sporting


Número 18, sem patrocínio Queijo Castelões nas costas?

No entanto, contrariamente a esta camisola, as camisolas usadas nas competições oficiais tinham a publicidade ao Queijo castelões não apenas na frente, mas também nas costas da camisola, no topo por cima do número. Pelo menos, é isso que estamos habituados a ver, tal como se mostra na camisola em baixo!

Sporting Clube de Portugal

1994/95. Vencedor da Taça e Supertaça Cândido de Oliveira

Camisola listada de jogo, campeonato nacional

Com agradecimentos ao meu amigo Dr. Nuno Ruivo

match worn Sporting Club de Portugal Castelões 1994


Quem procura sempre alcança!

Tal como já fizemos muitas outras vezes, fomos procurar fotos de jogos. E, como já aconteceu em muitas ocasiões, encontrámos camisolas destas em vários jogos. Isto não nos surpreendeu, porque isso de camisolas de jogo do Sporting é uma confusão inaudita: estão constantemente a aparecer variantes novas, que acabam por ser confirmadas por prova fotográfica. Para dar exemplos recentes, em 2010/11, os jogadores usaram 19 variantes diferentes, e em 2011/12 foram 25! E no passado, aconteceu o mesmo muitas vezes. Aqui está uma foto de um dos jogos que encontrámos, vinda do Jornal do Sporting. Neste caso, a foto é do jogo particular de pré-época Boavista-Sporting de 7 de Agosto de 1994, mas há mais jogos com camisolas assim.

Boavista-Sporting, jogo amigável de 7 de Agosto de 1994

Vê-se muito bem que todos os detalhes estão certos, desde o tamanho e colocação do número, a gola, o não ter o patrocínio nas costas, e vê-se no Naybet que tem o patrocínio ao peito (tal como se vê em várias outras fotos do jogo). Não temos foto desta camisola número 18, que corresponde a um suplente, visto que esta é a única foto do Jornal Sporting deste jogo em que se vê um jogador de costas (e é logo o Figo!). Os suplentes utilizados foram Capucho e Peixe, e os não utilizados foram, para além do guarda-redes Luís Vasco, Nuno valente, Marinho, Paulo Torres, e Filipe.

Camisolas listadas sem publicidade em jogos oficiais e outros particulares

Não parámos aqui, continuámos a procurar os outros jogos! E descobrimos que, pelo menos até à 4ª jornada do Campeonato Nacional, as camisolas usadas foram exactamente assim, sem patrocínio Queijo castelões nas costas. Na 5ª jornada usaram-se camisolas alternativas brancas, na 6ª só temos fotos de frente em que não se vê as costas, e na 7ª já lá estava a publicidade Castelões. Nos dois jogos para a Taça UEFA contra o Real Madrid, as camisolas também foram assim, tal como no jogo de apresentação frente à Juventus, e em vários outros jogo amigáveis que aconteceram em Agosto (por ex., frente à Selecção de Angola e frente ao WAC de Casablanca). Mostramos aqui foto referente ao jogo da 2ª jornada do Campeonato Nacional contra o Belenenses.

Sporting-Belenenses, 2ª jornada campeonato 27 de Agosto de 1994


Então, como ficamos?

Esta camisola de jogo tem que ser da pré-época, não pode ser de um dos 4 ou 5 jogos do Campeonato Nacional em que camisolas assim foram usadas. Isto porque no Campeonato apenas havia 5 suplentes, que eram os números 12 ao 16, portanto o número 18 não era usado em jogos do Campeonato. Em jogos de pré-época podia haver muitos suplentes, e por exemplo no jogo de apresentação os jogadores usaram do 1 ao 20! Fica a questão, qual será o jogo, e qual será o jogador. O vendedor da camisola é polaco, e garantiu que a camisola lhe foi dada por um familiar do Juskowiak. Isso não prova nada, é apenas mais uma pista, em que podemos acreditar ou não.



© 2009-2017 Nuno Barradas 40755-0