Esforço, Dedicação, Devoção e Glória. Eis o Sporting

Sporting Clube de Portugal verde branco


Campomaiorense Beira-Mar, Taça de Portugal 1999 Jamor

O Campomaiorense é a Filial nº 27 do Sporting. Em 1998, mudou de cores e mudou de símbolo, adoptando o vermelho e amarelo (curiosamente, as cores dos Cafés Delta), e um galgo em vez do Leão Rompante. Passou assim, de Leão a cão.

Mesmo assim, não é de um dia para o outro que os verdadeiros adeptos de um clube esquecem as suas origens, mesmo quando dinheiro novo traz sucesso imediato, muitas vezes seguido de decadência quando o tal dinheiro se farta. Em 2002 o Campomaiorense abandonou o futebol profissional.

Entretanto, chegou, pela única vez na sua história, a uma final da Taça de Portugal. Aconteceu a a 16 de Junho de 1999, no Estádio Nacional do Jamor, e quem ganhou foi o Beira-Mar. Estas camisolas foram produzidas para a ocasião, e ostentam o verde-branco que ainda estava no coração dos adeptos alentejanos.

Curiosamente, numa deles o cão foi tapado com o Leão Rompante do Sporting, e foi vendida depois como sendo uma camisola do Sporting! Contrafeita, claro, mas curiosa.

Sporting Clube Campomaiorense

Filial nº27 do SCP. Camisola contrafeita produzida para a final da Taça de Portugal em 1999, vencida pelo Beira Mar. Ostenta o galgo, cão emblema do Campomaiorense a partir de 1998

Sporting Clube Campomaiorense final da Taça de Portugal em 1999

 

Sporting Clube de Portugal

1998/99

Camisola contrafeita do Campomaiorense, feita para a final da Taça de Portugal. O emblema do Sporting está a tapar o da filial alentejana. Adquirida no Jamor na final de 2012 ganha pela Académica

Camisola contrafeita do Campomaiorense, feita para a final da Taça de Portugal

© 2009-2017 Nuno Barradas 40755-0