Esforço, Dedicação, Devoção e Glória. Eis o Sporting

Sporting Clube de Portugal verde branco


Sporting - camisola forjada de 2004 2005, número do Pedro Barbosa, jogador Vidigal

Há tanta gente a querer camisolas de jogo, ou seja usadas pelos próprios jogadores, e tão poucas a circular nos circuitos de venda, que se tornam caras. Onde há dinheiro, há ladrões, e há muito artista especializado em vender gato por lebre.

Uma das maneiras muito comuns é pegar numa camisola normal, comprada na loja, e aplicar os patches e personalizações com o nome e número do jogador que se quer, com o tipo de letra correcto. Há quem venda os patches e os kits de personalização - não é difícil encontrar. Há ainda quem venda camisolas contrafeitas em que também os patches e personalizações vêm de origem. Essas são fáceis de descobrir porque em geral a qualidade das camisolas contrafeitas é má.

Mas é pefeitamente viável comprar patches verdadeiros, e kits de jogador originais. A partir de 2011/12, com as camisolas player issue vendidas pelo Sporting Clube de Portugal na Loja Verde, até é possível forjar camisolas de forma praticamente perfeita. A vida tornou-se mais complicada para os coleccionadores (isto sem falar dos roubos legais que hoje em dia estão a depenar os portugueses).

Mas então, esta camisola é absolutamente incompreensível pela estupidez atroz que revela: algum atrasado mental deu-se ao trabalho de arranjar um patch correcto da Liga Galp, e um kit de jogador com tamanho e tipo de letra correcto, mas conseguiu meter o nome do jogador Vidigal, que em 2004/2005 há muito tempo já não era jogador do Sporting, com o número 8, que nesta época pertencia ao Pedro Barbosa.

Ainda mais incompreensível é alguém ter caído na esparrela e a ter comprado no ebay por bom dinheiro.

Sporting Clube de Portugal

2004/2005, Finalista da Taça UEFA

Réplica falsificada com patch da Liga Galp, nº 8 (que seria o Pedro Barbosa) e nome de jogador Vidigal. Foi vendida como sendo de jogo.

Sporting camisola falsificada patch da Liga Pedro Barbosa Vidigal

© 2009-2017 Nuno Barradas 40755-0