Esforço, Dedicação, Devoção e Glória. Eis o Sporting

Sporting Clube de Portugal verde branco


João Pedro Morais

Morais está para sempre na história do Sporting, como autor do único golo da finalíssima da Taça das taças em Antuérpia, em 1964. Marcou o seu golo de canto directo, e foi com esse golo que o Sporting venceu e trouxe para Portugal o troféu.

Esta é a camisola que ele usou nesse dia. É o nº 11, correspondendo à posição de extremo esquerdo. Na Final, que tinha acabado empatada, tinha sido defesa esquerdo, e esta mesma camisola provavelmente foi usada nesse jogo por Bé, que entretanto se tinha lesionado. Depois da finalíssima a camisola foi retirada, e acabou por ser oferecida. Quase cinquenta anos depois, quem a tinha ofereceu-a de volta ao Clube, e está agora no Museu Mundo Sporting, a sua casa, esta que é provavelmente a melhor camisola do Sporting.

Encontra as camisolas de outros jogadores do Sporting aqui e todos os equipamentos do Sporting aqui.

Sporting Clube de Portugal

1963/1964

A camisola do Morais, usada por Morais na final da Taça das Taças. Foi oferecida ao Sporting, na pessoa do presidente Bruno de Carvalho, por Noé e Céu Sequeira de Elvas, por ocasião da inauguração da nova sede do Núcleo Sportinguista de Elvas.

Com agradecimentos à Conservadora do Museu do Sporting, Mestre Lúcia Paula

A camisola do Morais da final da Taça das Taças 1964
© 2009-2017 Nuno Barradas 40755-0